URGENTE, Sanesul faz alerta e pede para população racionar água para não faltar

Empresa alega estar tomando medidas de prevenção para evitar, mas pede conscientização dos sul-mato-grossenses

Hidrelétrica Ilha Solteira, localizada no Rio Paraná, entre os municípios de Ilha Solteira (SP) e Selvíria (MS), é uma das atingidas pela seca histórica (Foto Divulgação)

Apesar do governo federal emitir alerta de emergência hídrica para Mato Grosso do Sul e o governo do Estado alegar que não vai faltar água, pela primeira vez a Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul) emitiu nota solicitando o uso consciente da água pela população e pediu o racionamento.

“Mesmo com todos os investimentos feitos, novamente pedimos o apoio da população sul-mato-grossense para o uso racional da água para que ela não falte. Estamos em uma pandemia e a água é essencial para vida de todos. É uma situação nova e precisamos da conscientização de cada morador”, afirmou o diretor presidente da Sanesul Walter Carneiro Jr.

A empresa tem acompanhado a situação da bacia do Rio Paraguai e do Rio Taquari, na região do Pantanal. Desde 2020 a Diretoria Executiva da empresa adotou medidas administrativas e técnicas com perfuração de novos poços, aumento de reservação, intensificação do programa de redução e controle de perdas.

Segundo o Departamento de Operações da Sanesul, somente nos primeiros meses de 2021 já foram iniciados novos processos para a contratação de perfuração de mais 13 poços em todo o Estado, em localidades que sofreram com o calor intenso no último ano, ou previamente, de forma a evitar problemas no próximo período seco.

“Está prevista a perfuração de poços nas cidades de Naviraí, Alcinópolis, Figueirão, Itaquiraí, Arapuá (distrito de Três Lagoas), Vila Quebracho (distrito de Anaurilândia), Juti, Vila São João Do Taquarussu (distrito de Taquarussu), Eldorado, Chapadão do Sul e Amambai”, informou Elthon Teixeira, Gerente de Desenvolvimento Operacional.

Segundo ele, todas “estão sendo monitoradas de forma que ações pontuais possam ser tomadas, para reduzir o impacto desta situação sem precedentes sobre a população atendida pela Sanesul”, tranquiliza Elthon.

Curta o  Jornal Maracaju Hoje no Facebook . Tem uma imagem, reportagem bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Repórter Por Um Dia através do WhatsApp do Repórter Por Um  Dia JMH (67) 67984061043. 

Acesse e curta nossas páginas: 

https://www.facebook.com/radiocidade104.3 

https://www.facebook.com/maracaju.hoje 

https://www.instagram.com/radiocidade104.3/ 

https://www.instagram.com/maracaju.hoje/ 

http://cidade104fm.com.br/