Reservas do Flamengo arrancam empate com Portuguesa no Carioca

Resultado beneficia Vasco, que segue com chances de classificação

Com os titulares preservados para a estreia na Libertadores, o Flamengo empatou em 2 a 2 com a Portuguesa no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. O resultado deste sábado (17) à noite colocou o Rubro-Negro temporariamente na liderança da primeira fase do Estadual, com os mesmos 20 pontos do Volta Redonda, ficando na frente pelo saldo de gols (12 a seis). A Lusa, com 18 pontos, desceu para o quarto lugar, ainda na zona de classificação às semifinais.

O empate beneficiou o Vasco, que permanece com chances de ir ao mata-mata. O Cruzmaltino soma 13 pontos e pode ir a 16 pontos, faltando uma rodada para o fim da primeira fase, se derrotar o Boavista neste domingo (18), às 18h30 (horário de Brasília), em Bacaxá, distrito de Saquarema (RJ). O jogo será transmitido ao vivo na Rádio Nacional com narração de Rodrigo Campos, comentário de Waldir Luiz, reportagem de Mauricio Costa e plantão de notícias com Luiz Ferreira.

O Flamengo volta a jogar pelo Carioca no próximo domingo (25), no Maracanã, contra o Volta Redonda. O duelo pode definir o clube de melhor campanha da primeira fase e, portanto, o campeão da Taça Guanabara. A Portuguesa, outro time de olho no posto, recebe o Boavista no Luso-Brasileiro, no mesmo dia. Os horários dos jogos ainda não foram definidos.

Antes, o Rubro-Negro mira a Libertadores. A estreia no torneio sul-americano será nesta terça-feira (20), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Vélez Sarsfield (Argentina) no estádio José Amalfitani, na capital argentina Buenos Aires.

A Lusa dominou o primeiro tempo e abriu 2 a 0 no placar. Aos 12 minutos, o volante Mauro Silva acertou um petardo de fora da área no ângulo. Aos 14, o atacante Chay quase ampliou, parando em defesa de Hugo. O time rubro-verde continuou em cima e teve nova chance aos 23, outra vez com Mauro Silva, agora com intervenção do goleiro rubro-negro. Aos 27, não deu para o camisa 45. O atacante Romarinho aproveitou a sobra de um chute de Chay que explodiu na defesa e aumentou a vantagem.

O cenário se inverteu completamente na etapa final, com os atacantes Vitinho e Pedro pressionando o goleiro Neguete. Aos dez minutos, a pressão deu resultado. O atacante Michael cruzou pela esquerda e Pedro mandou para as redes. O centroavante, que não atuava desde 24 de março devido a problemas musculares, fez outro sete minutos depois, após passe açucarado do meia João Gomes. O Rubro-Negro quase virou em tentativas de Vitinho e do também atacante Rodrigo Muniz, sem êxito.

Curta o  Jornal Maracaju Hoje no Facebook . Tem uma imagem, reportagem bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Repórter Por Um Dia através do WhatsApp do Repórter Por Um  Dia JMH (67) 67984061043. 

Acesse e curta nossas páginas: 

https://www.facebook.com/radiocidade104.3 

https://www.facebook.com/maracaju.hoje 

https://www.instagram.com/radiocidade104.3/ 

https://www.instagram.com/maracaju.hoje/ 

http://cidade104fm.com.br/