Prefeito Maurilio Azambuja e Drº Luis Possi Coordenador de atenção básica falam sobre a dengue e novembro azul.

Na manhã desta quinta-feira (07/11) estiveram nos estúdios da Rádio Cidade 104.3 o Prefeito Maurilio Ferreira Azambuja e o Coordenador de Atenção Básica Drº Luis Possi, para falar a respeito da dengue no município de Maracaju e sobre as ações do novembro azul que a prefeitura municipal esta realizando.

Maracaju esta com índices baixos em relação a dengue, porém é necessário que a população continue empenhada em fazer a manutenção em seus terrenos.

Para cada 150 residencias apenas 1 tem foco de larvas do mosquito da dengue, ou seja, o índice em Maracaju é de 0,7%. Porém Drº Luis Possi ressalta a importância da manutenção nas residencias, “precisamos entender que se não houver o empenho de toda a população a dengue ira voltar, hoje esse índice está baixo, porém precisamos entender que estamos passando por um período de seca e que logo as chuvas virão e é nessa hora que o mosquito se prolifera,”ressaltou o Coordenador de Atenção Básica.

Segundo o Prefeito Maurílio Ferreira Azambuja essa porcentagem baixa se deve ao empenho da população, “todo esse trabalho que o município vem fazendo para que a dengue seja extinguida só é possível graças ao empenho de toda a nossa população, mas precisamos continuar, porque a prefeitura não tem como entrar na casa das pessoas, manter o terreno limpo só é possível se o dono faz a limpeza,” finalizou o prefeito.

Para o novembro azul Drº Luiz Possi passou algumas ações que a prefeitura municipal de Maracaju estará realizando  e que logo a prefeitura irá divulgar todo o cronograma para a população poder participar, porém, o médico frisou a importância do exame e dos cuidados com a saúde do homem, que devem ser feitas não somente em novembro,mas sim todos os meses do ano.

“Nós precisamos parar com esse preconceito de não cuidar da própria saúde, a mulher se cuida e isso é fato, porém nós homens não fazemos a prevenção adequada, como exames periódicos, exercício físicos, uma boa alimentação, diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas, diminuir o tabagismo, são coisas simples que para a nossa saúde é essencial,” ressaltou o coordenador.