Musicoterapia para crianças com o transtorno do espectro do autismo (TEA) em Maracaju

A Música tem um poder incontestável sobre a mente e sobre o comportamento humano, e tende a ser muito apreciada por crianças com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Por isso, pode-se afirmar que a Musicoterapia é uma das principais técnicas, e que consegue chegar mais perto desses indivíduos. A Musicoterapia permite que a criança com o TEA desenvolva sua capacidade de ouvir, sentir e tocar. Através deste tipo de atividade, as áreas a se trabalhar são inúmeras, desde trabalhar a psicomotricidade, ao executar gestos e até mesmo a dança, desenvolver a acuidade auditiva e também trabalhar questões como ritmo, atenção, memória, entre outras.

A musicoterapia consiste em um processo sistemático de intervenção no qual o terapeuta ajuda o paciente a promover sua saúde, utilizando experiências musicais e a relação terapêutica. Na musicoterapia, o paciente vivencia a música de forma ativa, através de atividades de audição, performance, composição e improvisação musical, sendo que a seleção destas atividades é determinada pela necessidade clínica do paciente, bem como por suas habilidades desenvolvidas e potenciais, gostos, histórico e ideias sobre a música, conjugados com a abordagem teórica e metodologia clínica adotadas pelo terapeuta.

O Projeto de Musicoterapia é um trabalho pioneiro oferecido gratuitamente pela Prefeitura Municipal de Maracaju, através da Fundação Cultura, e foi desenvolvido pelo psicólogo e professor de música Lino Aquino. A ideia surgiu da necessidade de um atendimento gratuito às crianças com TEA, tendo em vista que muitos pais necessitam deste tipo de intervenção e outros acompanhamentos para os seus filhos no município de Maracaju.

Assessoria Prefeitura


Warning: A non-numeric value encountered in /home/jornalma/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 308