Maracaju será modelo para o Estado em construção de sala de aula através de contêiner

Foto: Paulo roberto

O projeto inovador criado pela secretaria de educação e aprovado pela secretaria e obras e também de fazenda, começa a funcionar nos próximos dias em Maracaju.
Segundo a Secretária de Educação Cleoerdes Barbosa, tudo foi feito dentro do que determina a lei, cada contêiner sala, terá toda a comodidade para professor e alunos, e só será liberado depois de fiscalizado e liberada todas as licenças pelos departamentos competentes.
Secretário de fazenda Lenilso Carvalho, disse que o projeto é interessante, e não vai prejudicar em nada o aprendizado e tranquilidade dos alunos, os contêiners sala terão ar condicionado, janelas, portas, tudo com segurança. Segundo o secretário a agilidade da entrega e facilidade da construção e o menor valor que fica em torno de 35% mais barato que construir uma sala de alvenaria, são fatores importantes.
O prefeito Maurílio Ferreira Azambuja acompanhado de secretários e vereadores visitaram a obra e acompanharam a chegada dos contêiners e o local que serão instalada, neste primeiro momento serão 2 na Escola Educar Para Crescer, em junho mais 4, dois na Escola José Pereira da Rosa e 2 no Ciei São Benedito. Cada contêiner custa em média 45 mil reais.
Para o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, tudo isso é possível graças a união entre todos os secretários. Buscamos sempre dar o melhor para a população sem nunca comprometer as finanças do município. “Investimentos na educação, por que é prioridade em qualquer governo que pensa no melhor para o município, só podemos mudar através da educação. Mas para isso acontecer é preciso dar condições de trabalho aos professores, tranquilidade aos pais, conforto aos alunos, e isso a nossa administração está fazendo, buscamos através do diálogo o melhor e que atenda a todos”, disse Maurílio.

Assecom Prefeitura de Maracaju.