Iagro alerta para confirmação de novos casos de Raiva no Estado

No dia 3 de abril o coordenador dos Programas: Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros (PNCRH) e de Prevenção e Vigilância da Encefalopatia Espongiforme Bovina (PNEEB), o Fiscal Estadual Agropecuário, Fábio Shiroma confirmou casos de raiva em Amambai, Tacuru, Sete Quedas e Paranhos, as margens dos Rios Iguatemi, Ipuitã e Rio Fogui.

Morcego encontrado em propriedade

Com a confirmação dos casos, a Iagro deu início ao trabalho para alertar os produtores rurais de toda região para a necessidade de realizar a vacinação em todos os herbívoros, para evitar assim a proliferação da doença.

A orientação é que, caso for observado algum abrigo de morcego nas propriedades, ou animais com sintomatologia nervosa, andar cambaleante ou vindo a óbito entre 3 a 7 dias, os animais não devem ser manuseados e a IAGRO mais próxima deve ser comunicada. A pessoa que entrar em contato com animal com suspeita de Raiva ou for agredido por cães, gatos ou morcegos, deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

Registro de ação da equipe em março

No mês de março deste ano, foram realizadas ações de Controle da Raiva nos municípios de Santa Rita do Pardo, Bela Vista, Coxim, Miranda, Paranaíba, Cassilândia e Inocência. Foram visitadas 54 propriedades rurais com vistoria e captura de morcegos hematófagos em 66 abrigos num total de 845 morcegos capturados e controlados. Também foram realizadas 2 palestras, sendo uma em Coxim e outra em Bela Vista com a participação de 96 produtores rurais.

Iagro – MS